Se existe algo que distingue uma imobiliária da outra nesse final de década é o quão adaptada para a internet a empresa está. O conceito de imobiliária digital vêm mudando a forma de fazer negócios no mercado imobiliário. E você não pode ficar para trás.

Não são poucos os casos em que imobiliárias estão presas a modelos de trabalho tradicionais. Esses modelos funcionam – é inegável. Contudo, eles possuem cada vez menos espaço em uma sociedade cada vez mais digital.

É aí que entra a imobiliária digital.

O que é imobiliária digital?

Você deve estar pensando que eu vou dizer que a imobiliária digital é a ruptura completa dos modelos de trabalho tradicional. Muito pelo contrário, a imobiliária digital é um modelo de empresa que se aproveita de tudo aquilo que dá certo no modelo tradicional.

E como elas fazem isso? Elas adaptam o tradicional para o digital, criando uma relação com seus clientes, que flutua entre a facilidade dos meios digitais com a pessoalidade dos negócios tradicionais.

Assim, elas se estabelecem no meio digital, aproveitando as vantagens que a internet trás. Tudo isso sem deixar de lado os métodos tradicionais de venda e aluguel de imóveis.

O que sua imobiliária leva do tradicional

Primeiro vamos falar sobre aquilo que se faz em uma imobiliária digital e que não precisa – nem deve, ser esquecido. Nesse sentido vou listar 3 fatores que devem permanecer e, na próxima sessão do texto, 3 formas de como eles são melhorados em uma imobiliária digital.

1. A pessoalidade no contato com os clientes

Uma das grandes vantagens de qualquer modelo tradicional de negócio é a proximidade com os clientes. É inegável que, trabalhando em um ambiente físico (ou até mesmo pelo telefone), se mantém um contato muito mais íntimo com os seus clientes.

Portanto, é importante manter formas de se relacionar, fisicamente, com seus clientes. Falar com eles cara a cara; apresentar os imóveis pessoalmente, etc.

E isso é algo que acontece na imobiliária digital tanto quanto na tradicional. As empresas que querem (e conseguem) se estabelecer no mercado são aquelas que investem na existência de corretores que possam apresentar os imóveis pessoalmente para seus clientes, que auxiliem os clientes na compra e no contrato, tirem dúvidas quando necessário e, no geral, atendam nas necessidades dos clientes.

É importante entender que, ao menos com a tecnologia que temos hoje, o contato com “pessoas reais” é essencial para um atendimento de qualidade.

2. As placas nos imóveis

As placas de imobiliárias dão muito resultado para quem vende ou aluga imóveis.

A verdade é que, quando procuramos um lugar para morar, acabamos procurando pela ruas em que passamos. É um comportamento instintivo e não é algo que deve mudar com o meio digital.

Então, é importante focar em produzir e distribuir placas para sinalizar que os imóveis pertencem à sua imobiliária.

3. A captação de imóveis

A captação de imóveis ainda é uma atividade que exige o contato de uma pessoa real com o proprietário. O processo de contato com o proprietário e de convencimento dele pode ser complicado e exige que o agenciador ouça o proprietário e leve cada negociação respeitando suas individualidades.

Essas individualidades dizem respeito aos interesses dos proprietários, seus medos, etc. Um agenciador precisa ser capaz de se adaptar às adversidades de cada pessoa e isso faz com que ele ainda seja uma figura que existe fisicamente na imobiliária.

O que sua imobiliária ganha ao virar digital

Como eu disse anteriormente, a imobiliária digital também aproveita as vantagens do meio digital. Podemos pensar em algumas.

1. O aprimoramento da comunicação com os clientes

Novamente, a imobiliária digital precisa continuar valorizando os contatos pessoais com seus clientes. Isso não quer dizer que elas não devam usar a tecnologia para facilitar esse contato.

A comunicação se aprimora, no digital, de várias formas.

  • Através das redes sociais: utilize as redes sociais para conversar com os compradores/locadores. Isso vai desde o Facebook até o Whatsapp Business. É uma ótima forma de agilizar conversas simples, marcar visitas ou reuniões e, acima de tudo, de organizar e lembrar das suas conversas.
  • Através do uso de um chat online: possuir um bom sistema de chat online é um  fator essencial para uma imobiliária digital. É uma ótima forma de começar a conversa com um cliente, começando um relacionamento que pode vir a se tornar uma compra ou um aluguel.
  • Através de um CRM imobiliário: o CRM vai reunir tanto as suas conversas em redes sociais como no chat online em uma única plataforma digital. Assim, você terá acesso às mais diversas informações sobre seus clientes de forma simples e fácil. Utilizando o CRM corretamente você evita esquecimentos e consegue atender as especificidades de cada pessoa.

2. A modernização das placas imobiliárias

Aqui no blog da Jetimob já falamos sobre novos formatos de placa que podem se destacar mais em meio às tantas placas que encontramos nas ruas. Ainda assim, é válido falarmos sobre como é importante, para uma imobiliária digital, relacionar suas placas com o online.

Placas com links específicos, ou com QR codes, por exemplo, podem ser uma boa pedida. O importante é que as placas trabalhem junto com o digital. Elas acabam sendo, por isso, um dos exemplos mais claros da relação entre tradicional e digital.

3. Captação de imóveis digital

Nesse contexto, não podemos excluir a existência de pessoas que possam desejar, eventualmente, uma negociação virtual com um agenciador. Nesse sentido, a imobiliária digital estará preparada com um CRM de qualidade ou com um chat específico que facilite o processo.

Novamente, o digital não existe para substituir para apagar o tradicional, mas sim para facilitar e possibilitar que as coisas sejam realizadas da maneira mais simples – tanto para a imobiliária quanto para os proprietários e clientes.

Vendas e aluguel tradicionais + meio digital = imobiliária digital

Com esse texto, espero ter mostrado como os métodos tradicionais se relacionam com as novidades do meio digital.

Mais do que isso, precisamos entender que o surgimento do digital não é motivo para pânico ou medo do futuro do mercado imobiliário. Ao contrário, a digitalização da imobiliária permite ainda mais crescimento para o seu negócio, desde que você invista seu tempo em entender como usá-la plenamente.

Nesse sentido você vai precisar pensar em coisas como: seu posicionamento online, como você vai se comunicar com seus clientes pela internet, etc. Todas as tarefas possíveis e que devem ser absorvidas sem dificuldades na cultura da sua empresa.

 

CTA-posicionamento-online

[Total: 1   Average: 5/5]