Quem nunca ouviu que o “segredo do sucesso” era ser especialista em determinado assunto? Pois é, trago notícias: não se aplica a todas as profissões. Isso porque profissionais como o corretor de imóveis, por exemplo, precisam saber segurar várias pontas. Não é louvável nem financeiramente seguro não aprender mais sobre outros assuntos que tangenciam a profissão.

A profissão corre seus riscos e agora é hora de ter flexibilidade e uma mente aberta e curiosa. Nessa busca por estabilidade na renda, uma alternativa é fazer consultoria financeira. Aprofundar-se nas possibilidades no ramo de investimento imobiliário e auxiliar seu cliente na decisão de compra pode se tornar uma boa saída.

Portanto, corretor, nesse post vamos lhe apresentar brevemente quais alternativas existem dentro deste cenário. Alinhe essas dicas ao perfil do seu possível cliente e capriche na consultoria.

Investir em terrenos

Investir em terrenos é uma alternativa inteligente. Por que? Porque o Brasil é um país em crescimento, as cidades estão constantemente construindo e se expandindo. Portanto, existe a possibilidade de comprar um terreno por um preço baixo e, posteriormente, vendê-lo pelo triplo, quádruplo, quíntuplo do valor para alguma construtora que esteja querendo investir naquela área.

Ajude o cliente a pesquisar, analisar, fazer buscas e comparações até encontrar o que melhor atende às suas expectativas. É necessário pensar estrategicamente a respeito de áreas que possivelmente se transformarão em pontos importantes da cidade.

É um investimento imobiliário que, na maioria das vezes, traz benefícios a longo prazo. E isso nem de longe significa que é um mau investimento. Muito pelo contrário, vale muito a pena. Só precisa ser recomendado ao cliente adequado.

Aliás, não é impossível obter lucro a curto ou médio prazo, é só questão de boa estratégia e um pouco de sorte. Condomínios de luxo, por exemplo, costumam ser construídos em locais afastados em terrenos pouco prováveis de serem vendidos. Fica a dica!

Investir em imóveis na planta

Nos últimos anos, muito tem sido investido em imóveis na planta. Estes, que costumam ter um preço bem abaixo do recorrente, podem ser vendidos depois por bem mais caro. Não parece ideal?

Nem sempre. O investimento pode ser bom, mas é preciso permanecer atento e estar ciente de certos riscos. Já que o contrato é feito antes da finalização da obra, alerte o cliente sobre possíveis reajustes contratuais no decorrer do processo. Além disso, na consultoria, não aconselhe que o investimento seja feito em imobiliárias ou construtoras que não sejam da sua confiança. Permaneça íntegro e honesto para que a experiência desse parceiro seja a melhor que poderia ser.

Entre as vantagens de se comprar um imóvel na planta, você pode citar o bom tempo de planejamento que ele terá. Outra grande vantagem são as instalações mais novas e modernas, talvez podendo ser uma garantia de segurança.

Investir em imóveis comerciais

Uma das vantagens de se investir em imóveis comerciais é a constante expansão dessa categoria. Existe uma crescente valorização desses imóveis que, além de possuírem contratos mais longos, designam uma grande rentabilidade ao proprietário. Apesar disso, a desvantagem é que são difíceis de serem alugados, modalidade que contribuiria bastante no controle de renda.

Uma boa saída para esse cenário é o investimento imobiliário comercial de coworking, uma tendência que cresce a cada dia. A aposta se dá em locais com várias salas compartilháveis que possuam espaços em comum. É válido pesquisar mais sobre e procurar oportunidades de investimento.

Investir em imóveis usados

Imóveis que já foram habitados anteriormente costumam ser mais baratos em relação aos novos e já se encontram prontos para o uso. Entre as desvantagens podemos citar possíveis prejuízos deixados pelos antigos moradores, como furos nas paredes, por exemplo. Não é nada tão grave, levando em consideração o preço abaixo. Outra questão não muito agradável são possíveis problemas do próprio prédio, como rachaduras ou infiltração.

Por outro lado, os preços baixos abrem uma boa margem para negociação. Certamente existem várias pessoas querendo investir nesses imóveis. Esse tipo de imóvel pode nos levar ao próximo item.

Reformar imóveis para vender, vale a pena?

Assim como os outros, se bem pensado, esse pode ser um investimento imobiliário vantajoso, sim. Contudo, é necessário considerar alguns fatos.

A arquitetura, por si só, não é fator decisivo na tomada de decisão de compra. Outras questões unidas à ela são o que, juntas, fazem com que um imóvel tenha valor para o cliente. Facilidades no deslocamento, luz solar, ponto de referência, baixa poluição do ar e sonora, preço, localização, enfim. Alguns imóveis antigos podem se tornar atraentes pelo baixo valor e pela possibilidade de reformar e revender por preços mais altos, mas esse investimento, sobretudo, exige cautela.

Considerando um cenário estável de valorização, é possível que o imóvel seja avaliado de 20% a 30% a mais após a reforma. No entanto, aqui é imprescindível considerar mais do que preços. É necessário pensar em diversas questões, como as que citamos, e em como se posicionará esse imóvel no futuro.

Construir imóveis para vender

Ainda se investe, sim, na construção civil. Para isto, é necessário haver um bom planejamento. Este, entre diversos fatores, deve envolver a localização, melhor custo-benefício em materiais e assertividade na contratação de outros profissionais, por exemplo. É um investimento bem mais trabalhoso que os outros, exige controle e uma boa administração de todos os processos.

Corretores afirmam que uma das vantagens é que construir um imóvel se torna mais barato do que comprar um pronto. No seu papel de consultor, você deve saber todos os passos e as necessidades que envolvem construção. Tenha contatos, indique profissionais de confiança. Apresente para o cliente quais são as vantagens e as desvantagens desse investimento e, se ele resolver investir, auxilie nesse processo com seu conhecimento.

Enfim, o mercado de consultoria está plenamente em ascensão. Isso fica bastante visível quando percebemos o crescimento dos coachings. Fazer consultoria para investimento imobiliário certamente é uma grande aposta. Temos a tendência de nos acomodarmos, mas você não precisa ser mais uma dessas pessoas. Você já conhece o setor imobiliário! Estude sobre oratória, abordagem, gestão financeira e gestão de pessoas, sobre como ser um bom líder e se tornar um bom consultor. Fazendo um bom trabalho fica impossível não se tornar uma referência.

E o melhor, boa parte desse conhecimento você pode encontrar na própria internet. Crie as oportunidades e cresça cada vez mais no ramo de investimento imobiliário.

[Total: 9   Average: 3.8/5]