Topo
Marketing no Linkedin

Marketing imobiliário: 6 dicas de como usar o Linkedin

ATENÇÃO CORRETORES! Este artigo é para vocês, principalmente. Saiba como fazer seu marketing no Linkedin, assim como você faz em outras redes sociais e ampliar suas oportunidades de vendas.

O Linkedin foi originalmente fundado para ser uma rede social que promovesse o perfil profissional das pessoas e a troca de indicações. Com o tempo, perceberam que poderiam lucrar também usando a rede para promover produtos e serviços das empresas ou de profissionais liberais. Assim como outras redes sociais, o marketing no Linkedin é crucial para o negócio imobiliário – e não deve ser renegado.

O Linkedin fala de tudo sobre desenvolvimento de carreira, discussões sobre nicho de mercado, conexões profissionais. Mas ele não serve para fazer campanhas publicitárias.

Neste artigo vamos entender como montar seu perfil no Linkedin de forma que ele atraia mais clientes para você. Além disso, vamos falar das fotos e seus tamanhos corretos, como fazer postagens e a construção do seu networking.

Vamos entender como funciona em 6 passos?

1. Criando seu perfil no Linkedin

Assim como Facebook ou Instagram, você precisa ter uma página própria no Linkedin, com seu perfil profissional. E ela precisa ser ÓTIMA! Do tipo que outro corretor ou imobiliária olhe e pense: preciso me conectar com essa pessoa. Para fazer sua página você precisa:

  • Sua foto de perfil, formal e simpática: que reflita profissionalismo e que seja consistente com sua marca ou empresa a qual você representa;
  • Uma foto de capa que chame a atenção e seja criativa: use este espaço para mostrar depoimentos de clientes, por exemplo, ou algum prêmio que você tenha ganho no setor. Invista num bom design (isso inclui contratar alguém para fazer por você) – é marketing no Linkedin, lembra?
  • Sua biografia bem escrita, que deixe claro quem você é e como você pode ajudar seus clientes;
  • Inclua também suas certificações e grandes negócios fechados, além das recomendações (muito importante!!) e suas principais competências

Veja um infográfico abaixo dos tamanhos das fotos no Linkedin e como você deve usar corretamente seu marketing imobiliário através das fotos. 

 

Tamanho da Imagem de Marketing Linkedin

 

2. Otimizando sua página para o mercado imobiliário

Agora que sua página está pronta, com as fotos corretas e uma descrição bem feita da sua biografia, você precisa preparar sua página para o mundo virtual – e aumentar suas oportunidades de vendas.

Otimizar seu perfil no Linkedin é muito importante para ser achado mais facilmente. Isso significa que você precisa ter uma URL própria que permita que os mecanismos de busca, como Google e Yahoo, achem você de forma direta quando seu nome for digitado nos campos de pesquisa. A lógica do marketing no Linkedin funciona muito parecido com a lógica das outras redes sociais. Tudo é direcionado para os buscadores virtuais.

Por padrão, quando você cria um perfil no Linkedin, a plataforma fornece uma série de números e caracteres ao lado do seu nome, no alto da página.

Siga estes passos para definir sua própria URL

Vá até editar seu perfil, na coluna direita ao lado você verá “editar seu perfil público e URL”. Clique no ícone da caneta e retire os números que aparecem ao lado do seu nome e por fim, clique em “salvar’

3. Construa sua rede de contatos para gerar interessados

Seu marketing no Linkedin não estará completo sem uma rede de contatos sólida, que seja interessante para quem está procurando oportunidades na sua área (e imóveis). Linkedin é sobre conexões, afinal de contas!

Adicione suas conexões através da sua lista de emails, outras imobiliárias, outros corretores, construtoras… E depois as conexões destas pessoas. Quanto maior sua rede, mais chances de bons negócios.

4. Saiba o que e quando postar no Linkedin

A parte mais importante do seu marketing no Linkedin são as postagens. Um tipo de conteúdo para uma plataforma é diferente para outra. Seus conteúdos precisam ser relevantes para o seu público. Essa é a parte mais importante sobre postagens.

Uma das formas eficazes de publicar, é utilizar os grupos da sua área de atuação. Participe das discussões e publique artigos seus nos grupos. Além disso, publique no seu perfil conteúdos interessantes para seu público e responda aos comentários.

Os melhores horários são início da manhã e final da tarde, até umas 20hs. Entre terça e quinta-feira e aos sábados.

5. Adicione plugins das redes sociais no seus posts para serem compartilhadas e gerarem tráfego para seu site.

Um lado interessante do seu marketing no Linkedin é que você pode se concentrar em negócios que estão no mesmo nicho de mercado que o seu, em tamanho e na área geográfica – e currículo de pessoas que possam ser clientes em potenciais.

Se um post ganha destaque, a própria plataforma vai impulsionar ele dentro de alguma categoria que você selecionou. Caso você tenha funcionários no Linkedin, cuide para que eles também reflitam a sua marca.

É recomendado que você crie seu próprio grupo no Linkedin, para se tornar referência e fazer mais contatos. Através do seu grupo e de outros que você participa, você pode entrar nas páginas pessoais e verificar perfis potenciais para se conectar.

Faça prospecção ativa! Defina um número de clientes para ser contactado semanalmente. É a lógica do funil de vendas. Quanto mais entrar na boca do funil, maior o fechamento.

Esteja sempre por dentro das tendências do seu mercado, compartilhe informações importantes e saiba falar sobre o assunto. Não seja incisivo demais na sua abordagem. O marketing no Linkedin tem um caráter profissional. O Linkedin é uma plataforma para profissionais procurarem outros profissionais.

6. Dicas bônus de marketing no Linkedin!

  • Inclua o endereço do seu perfil no Linkedin no seu cartão de visitas e na sua assinatura de e-mail;
  • Use de forma efetiva os contatos feitos em cursos, palestras ou eventos;
  • No Linkedin, tem a opção “seguir”, que você pode usar para acompanhar os influenciadores na sua área de atuação ou empresas/pessoas que possam ser interessantes para sua rede

E por fim, avalie o que outras pessoas da sua área estão fazendo no Linkedin e veja o que dá resultado. Copie, mas de uma forma criativa, com sua cara. Assim como no Facebook ou qualquer outra rede social, o marketing no Linkedin exige uma certa dedicação e tempo para criar engajamento. Não tente focar tudo ao mesmo tempo, selecione o que faz mais sentido para você estabeleça um tempo na semana para cuidar disso. A constância e a organização é o que gera maiores resultados.

Aproveite para comentar o seu marketing no Linkedin está funcionando compartilhe seus resultados!

[Total: 1    Média: 5/5]