INCC: saiba tudo sobre o principal índice de apuração dos custos da construção civil

O INCC é um dos índices mais comuns nos financiamentos imobiliários, especialmente, quando se trata de imóveis vendidos na planta. 

Se você atua na negociação de imóveis em construção, certamente já ouviu falar sobre o INCC. Ele é utilizado por construtoras e incorporadoras como índice de reajuste nas parcelas do financiamento. 

Além disso, o INCC também é contabilizado no cálculo de um outro indicador muito importante, não só para o mercado imobiliário, mas para diversos setores da economia brasileira: o IGP-M.

Neste artigo você irá entender:

  • O que significa INCC
  • Para que serve
  • Como surgiu
  • Como ele é calculado

O que significa INCC

INCC é a sigla para Índice Nacional de Custo da Construção. Ele é um indicador econômico calculado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), órgão pertencente à Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Sua principal função é medir as variações de custo dos elementos base da construção civil no Brasil.

Para que serve o INCC

Como mencionado no começo deste artigo, o Índice Nacional de Custo da Construção é utilizado como índice de reajuste das parcelas de imóveis negociados ainda em construção. 

Em média, os imóveis vendidos na planta levam de 2 a 4 anos até a entrega das chaves. Logo, é bem provável que durante esse período haja um aumento no preço dos insumos necessários para execução da obra.

Por isso, para não correr o risco de atraso na entrega ou de prejuízo para a construtora, as parcelas do pagamento são ajustadas de acordo com as variações do INCC.

Além disso, se você já leu o nosso post sobre IGP-M, sabe que o INCC também compõe 10% da base de cálculo do Índice Geral de Preços – Mercado.

Como surgiu o INCC

Oficialmente, o INCC foi o primeiro índice com a finalidade de apurar os custos da construção civil no país. 

Na década de 40, mais precisamente em 1944, foi criado o Índice de Custos da Construção (ICC). Entretanto, o ICC só abrangia a cidade do Rio de Janeiro, capital federal da época.

Contudo, com o passar dos anos, houve uma larga descentralização da economia brasileira. E com a expansão da atividade econômica para as demais regiões, o índice precisou ser remodelado de modo que cobrisse outras localidades do território nacional.

E foi assim que, em 1985, surgiu o Índice Nacional de Custo de Construção. Durante o processo de reformulação do índice, o IBRE chegou a coletar dados de 20 capitais brasileiras. 

No entanto, atualmente só fazem parte da apuração as seguintes 7 cidades:

  • São Paulo
  • Rio de Janeiro
  • Salvador
  • Belo Horizonte
  • Porto Alegre
  • Brasília
  • Recife

Como o INCC é calculado?

Para calcular o INCC, o IBRE-FGV leva em consideração o preço de 3 fatores fundamentais da construção civil, sendo eles:

  • Materiais e equipamentos
  • Serviços
  • Mão de obra

Esses componentes ainda são divididos em outros três grupos. (estruturas, instalações e acabamentos).

O cálculo ocorre com base em orçamentos levantados mensalmente pela FGV contendo os custos de inúmeras construtoras das 7 cidades listadas. Levando em conta também um sistema de peso para considerar as particularidades de cada uma das regiões.

You've successfully subscribed to Jetimob Blog
Great! Next, complete checkout to get full access to all premium content.
Error! Could not sign up. invalid link.
Welcome back! You've successfully signed in.
Error! Could not sign in. Please try again.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Error! Stripe checkout failed.
Success! Your billing info is updated.
Error! Billing info update failed.