Corretor(a), 3 lições para aprendermos com a ausência do Whatsapp


Tempo de Leitura: 4 minutos

A tecnologia tem trazido diversas ferramentas e aplicativos que todos nós podemos usar para facilitar nosso dia a dia. Mensagens mais rápidas, comunicação facilitada, tarefas organizadas de maneira mais ágil, enfim, são incontáveis os benefícios que os novos recursos podem trazer para a rotina de qualquer profissional, inclusive, ao profissional do mercado imobiliário.

O que às vezes passa despercebido por nós é que existem empresas. Medidas e ações que podem ser tomadas em relação a eles e que não podem ser controladas por nós.

Caso que prova essa afirmação é o bloqueio do whatsapp que acontece no país pela segunda vez. Como você já deve estar cansado de ouvir, a justiça brasileira ordenou o bloqueio do aplicativo no Brasil por 72 horas, a partir das 14h do dia 2 de maio.

Para respeitar essa decisão, as empresas de telefonia móvel e banda larga impedem que o aplicativo funcione nos celulares e também no wi-fi.

 3 lições para aprendermos com a ausência do Whatsapp:

E aí, como  ficam os negócios que estavam sendo realizados através do whatsapp? Corretor(a), se você se fez essa pergunta quando soube da decisão judicial, precisa conferir as dicas que daremos abaixo para estar preparado(a) para encarar esses contratempos e não deixar que eles atrapalhem suas vendas. Afinal, se esse episódio prejudicou seu trabalho, você precisa estar atento para tomar decisões e atitudes que não deixem que isso se repita.

1. Não fique refém de uma ferramenta

Existem diversas formas de você se comunicar com seus(suas) clientes. Se você precisa fazer contato imediato com ele(a), que tal fazer uma ligação? Se ele(a) não costuma ter tempo para falar no telefone, resgate o bom e velho e-mail. Seu site possui uma ferramenta de chat?

Você também pode utilizá-la para falar com seu(sua) cliente. Ah, e é claro, como você também já deve ter ouvido muito falar nesses dias, existem outros aplicativos que funcionam de maneira muito parecida com o whatsapp.

Que tal perguntar a seus(suas) clientes se eles(as) estão utilizando alguma ferramenta para substituir o whatsapp e baixar a que for mais citada por eles(as)?

2. Tenha conhecimento e domínio sobre seus contatos

Saber dados de contato de seus(suas) clientes e tê-los registrados ; em um local seguro e de domínio seu, é imprescindível para o(a) corretor(a) de imóveis. Alguns profissionais não abrem mão de sua agenda de papel, para anotar seus contatos. Já outros preferem guardar tudo na agenda do celular.

Para não correr riscos, utilize uma ferramenta de CRM, a partir dela você pode não só registrar dados básicos de contato de seus(suas) clientes como também especificar características e anseios que possam ajudar você a qualificar e efetivar uma venda.

3. Diversifique suas formas de atendimento

Um(a) corretor de imóveis que perde totalmente o domínio sobre seus negócios; ao ficar sem uma ferramenta de atendimento não está preparado(a) para vencer seus(suas) concorrentes. Se esse é o seu caso, repense e veja quais são suas formas de atendimento.

Não substitua totalmente alguns processos, como o hábito de fazer ligações e o uso do e-mail, por exemplo. Esse último é um dos serviços que pode melhorar seu relacionamento com os(as) clientes e auxiliar no processo de fidelização deles(as).

Construa uma base sólida de contatos. Se comunique com eles das mais diversas formas e, principalmente, pergunte como ele prefere ser contatado. Dessa maneira você tem mais opções e também agrada o(a) cliente tornando o atendimento mais agradável e facilitado.

Resolveu fazer uma ligação para não perder aquele negócio que já estava engatilhado através de conversas no whatsapp? Confira o post Roteiro para o sucesso no ramo imobiliário e veja sugestões de roteiro para suas ligações serem um sucesso!


Relacionados