Topo
dicas de copywriting para o mercado imobiliário

Copywriting imobiliário: 8 dicas de como escrever melhor e vender mais

Saber o que escrever. Esse é o desafio de grande parte das pessoas que produz conteúdo na internet. Mas não apenas saber que conteúdo escrever, mas o que escrever. Entender verdadeiramente com quem se está falando e como se comunicar com essa pessoa. Quando falamos de saber escrever, falamos de copywriting.

Um copywriting, ou redação, de qualidade vai ser decisivo nas suas estratégias de marketing digital. Pensar no que é dito e como é dito é essencial e é impossível pensar em falar com os clientes sem pensar nas palavras.

Porém, esse é o caso em muitas das vezes. Muitos corretores não pensam muito no que dizem nas descrições de imóveis ou seus conteúdos. No fim das contas isso vai resultar em clientes que não conseguem se identificar ou entender o que o corretor fala. Se os clientes não entendem, não vão se engajar com ele.

A redação no meio imobiliário

O mercado imobiliário possui suas próprias características no meio digital. O digital se tornou um dos principais meios de se captar clientes e é preciso pensar em quais as formas que isso acontece.

O acesso através de portais é uma dessas formas. Ter um site próprio é outra. Manter contato pelo Whatsapp é ainda outra, cada dia mais comum e substituindo os telefonemas.

O que todas essas coisas têm em comum? Todas se comunicam através de texto e é por isso que o copywriting também é importante no mercado imobiliário.

Copywriting no mercado imobiliário

Já que o texto é parte importante do posicionamento online no mercado imobiliário, vamos dar algumas dicas de como escrever melhor para vender mais imóveis.

1. Seja conciso e vá direto ao ponto

Quando pensamos em escrever para internet, não pensamos em textos complicados e de difícil interpretação. Especialmente quando pensamos em textos de teor de comercial, como é o caso dos seus textos em portais e no seu site imobiliário.

Por isso, vá direto ao ponto. Não enrole nas descrições ou tente descrever o imóvel pelo que ele não é. Seja sincero e objetivo, eventualmente o cliente verá o imóvel e saberá se você mentiu.

2. Tenha em mente o seu público alvo

Essa é bastante simples. Saiba com quem você está falando.

Cada imóvel que você vende possui um público alvo específico que “fala” de uma forma diferente. Ter isso em mente fará com que você escreva textos mais efetivos e que se comuniquem de forma mais apropriada com os possíveis clientes.

Quando for vender um imóvel “de luxo”, pense nas palavras que a pessoa que possui o dinheiro para comprar aquele imóvel usaria.

3. Adapte o seu texto

No sentido de entender seu público alvo entra a adaptação do texto. Você vai querer destacar em seu texto não apenas o que você considera interessante em um imóvel, mas o que seu público acha.

Aí entra um dos fatores mais importante no copywriting, a pesquisa. Você vai precisar pesquisar sobre seu cliente e entender quem ele realmente é, o que procura em um imóvel e o que o faz decidir por um imóvel.

Com a pesquisa em mãos, adapte seu texto até que ele esteja adequado.

4. Evite palavras de chamada “comuns”

Ainda nesse sentido de segmentar seu público e transmitir isso através do texto, podemos falar de palavras de chamada.

“Luxuosa”, “imperdível”, “elegante”. Essas são algumas palavras de chamada comuns no mercado imobiliário.

Isso pode parecer estranho mas usá-las não vai aproximar seus clientes, pelo contrário. Estas palavras comumente criam uma sensação de falsidade que afasta os clientes. Dizer que algo é elegante o faz ser automaticamente menos elegante.

O que você vai querer fazer é mostrar essas características através de outros fatores.

Pesquise quais elementos são mais associados a elegância e os destaque quando descrevendo a casa, por exemplo.

O mesmo vale para a palavra “imperdível”. Se pergunte:por que o imóvel é imperdível?E em seu texto, use apenas a resposta para essa pergunta. Se a resposta for verdadeira, o cliente entenderá que é uma oferta irrecusável sem que você tenha que dizer isso.

5. Complemente a imagem

Uma imagem vale mais do que mil palavras. Você já deve ter ouvido essa frase mil vezes, mas saiba que isso nem sempre é verdade.

Uma imagem pode ser alterada, editada e os seus clientes sabem disso. Um texto que complemente as suas fotos é essencial para criar a impressão correta.

Descreva o imóvel com poucas palavras, dando características que sejam positivas e assertivas. Seja claro em sua descrição, dando características que complementam as imagens que você também deve postar.

6.Use números

Em uma descrição longa, ou uma página com muito texto, 1 número certamente vai se destacar. Coloque o número de quartos ou banheiros em meio à sua descrição para criar um texto mais dinâmico e atrativo.

O preço também pode ser um número interessantes para se colocar, caso você considere uma boa estratégia para vender o imóvel.

7. Qual a vantagem para o cliente?

Esta é uma pergunta que você precisa ter em mente em todos os momentos do seu copywriting.

O seu objetivo é conquistar clientes. Então você precisa deixar claro para os leitores o que seu imóvel oferece à eles.

Pensando novamente em quem é seu público alvo, é possível estabelecer gatilhos mentais que remetem seus clientes à características que são valiosas para ele. Como assim?

Digamos que na região onde seu imóvel está sendo vendido uma preocupação recorrente é a criminalidade. Então você pode escrever características como: “possui segurança 24 horas”, “com cerca elétrica”, “a uma quadra do posto policial”, etc.

São formas de se dizer que o imóvel é seguro sem usar essa palavra. Além disso você também deixa claro o que o cliente ganha com aquele imóvel especificamente.

8. Revise seu texto

Por fim, é bom que você revise seu texto. Você não vai querer que sua página de anúncio tenha erros de português ou, ainda pior, erros de descrição.

Tome cuidado com o que você escreveu e garanta que está tudo certo antes de postar.

Escreva melhor para vender mais

Aplicando essas dicas aos seus textos de anúncios e blog, você certamente verá um aumento de interação com seus possíveis clientes. Escrevendo com dedicação e cuidado você vai transmitir mais confiança e promete vender bem mais.

[Total: 2    Média: 5/5]