CRECI: você sabe o que é? Entenda que se você deseja se tornar um corretor de imóveis profissional, é essencial que você conheça e saiba como tirar o CRECI. É ele que irá garantir que você possa exercer a profissão. Entenda nesse post o que é e como você pode tirar o CRECI.

Assim como um advogado precisa ter um registro na OAB para trabalhar de maneira legítima, os agentes de imóveis também necessitam desse registro para atuar, independentemente do Estado em que vivem. No entanto, ao contrário do exame da OAB, o CRECI é um curso que pode ser realizado por qualquer pessoa. Ou seja, embora positivo, não é exigido (por enquanto, ao menos) possuir nenhum curso superior antes de obter o CRECI.

O CRECI é o que garante todos os direitos e deveres desses profissionais. Logo, se você tem interesse em trabalhar no mercado imobiliário é essencial que você saiba todos os detalhes sobre ele.

O que é CRECI?

O CRECI nada mais é que a sigla para Conselho Regional de Corretores de Imóveis. Esse é o órgão responsável por toda fiscalização e regulamentação do setor de corretagem imobiliária. Ele foi fundado em 1962, mesmo ano de criação do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (COFECI).

Apesar de ter autonomia para se autogerir, essa entidade precisa prestar contas ao Tribunal de Contas da União (TCU). Cada estado possui uma sede regional que pode atuar dentro de cada comarca.

O CRECI também é utilizado para denominar o registro que qualifica o corretor de imóveis. Sem esse registro o agente não pode exercer sua profissão de forma legal.

Como obter?

Uma das dúvidas frequentes entre pessoas que desejam atuar como corretores de imóveis é como obter o CRECI. Para isso, é indispensável a realização do curso CRECI, que pode ser tanto o Técnico em Transações Imobiliárias bem como o superior em Ciências Imobiliárias/Gestão de Negócios Imobiliários.

Além disso, qualquer outro curso CRECI reconhecido pela entidade também é válido para a obtenção do registro. Além disso, também é necessária a realização de um estágio obrigatório na sede regional.

Para isso, você precisa procurar o Conselho Regional de Corretores de Imóveis e solicitar o seu estágio. Após a conclusão do diploma, bem como desse processo de estágio, é possível requerer o registro definitivo.

Saiba sobre o Curso CRECI

Para saber quais instituições oferecem o curso para corretagem de imóveis basta consultar o CRECI da sua região. Todas as entidades regionais possuem uma lista de instituições de ensino que oferecem a capacitação tanto de forma presencial como a distância.

No caso de São Paulo, por exemplo, basta acessar esse link e escolher uma das três opções: a distância, presencial ou superior. Você será redirecionado para uma nova janela onde encontrará uma lista completa das intuições aprovadas pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis e COFECI.

Contudo, é importante ressaltar que todos os órgãos regionais não possuem qualquer vínculo com as instituições de ensino. Ou seja, toda a responsabilidade de prestação de serviço de ensino fica a cargo da instituição, cabendo à entidade apenas o estágio obrigatório e o registro profissional.

Onde tirar o CRECI?

Após a obtenção do diploma em um curso CRECI reconhecido, bem como a finalização do estágio obrigatório, é necessário solicitar o registro definitivo diretamente na sede do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do seu Estado.

Os sites de todas as entidades regionais possuem os formulários que devem ser preenchidos para o requerimento, bem como os documentos e comprovantes que precisam ser apresentados.

No caso da regional São Paulo, basta acessar esse link, clicar em corretores e em seguida em formulários. Lá é possível obter todas as declarações, inscrições, fichas e formulários que precisam ser preenchidos e entregues.

Além disso, também é necessário o pagamento de uma taxa. Ela varia conforme o Estado onde o profissional deseja fazer o registro, entretanto, ela custa em média R$ 591,00, que é o valor aplicado em São Paulo. O profissional também precisa pagar a anuidade do registro, que também varia conforme a região. No caso de São Paulo, ela custa R$ 1.182,00.

Após esse processo, a inscrição é enviada para o plenário do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis, onde é analisada por uma comissão específica. Ela irá avaliar se todos os documentos, declarações e comprovantes são legítimos. Também se é necessário a apresentação de algum arquivo complementar.

Se a inscrição for aprovada, a pessoa que fez o requerimento deverá se apresentar na sede regional munida dos documentos de identificação. Precisa levar também comprovantes de formação profissional para a execução de um ato solene.

Nesse evento ela receberá o direito de exercer a profissão de corretor de imóveis e ganhará o seu registro definitivo. Para mantê-lo é preciso ter a anuidade paga em dia. Todo esse processo, caso não haja a necessidade de apresentação de novos documentos, dura em média 90 dias.

Quais as vantagens?

Se você deseja se tornar um corretor de imóveis, saiba que o CRECI oferece uma série de vantagens. A primeira delas é que você poderá atuar de forma legal, e terá todo o aporte da entidade do seu Estado.

Consequentemente, isso irá te trazer mais sucesso profissional. Já que a grande maioria das imobiliárias contrata apenas profissionais que tenham esse registro comprovado. Logo, ele é essencial para quem deseja atuar dentro uma empresa.

A partir do momento que você tem o CRECI, também é possível participar de palestras, cursos e capacitações oferecidas pela entidade. Dessa maneira, é possível aperfeiçoar suas habilidades de corretagem de imóveis de forma contínua. Garantindo, assim, o seu sucesso como profissional do ramo.

Contatos para mais informações

Se você deseja obter mais informações sobre esse registro e como obtê-lo em cada Estado, basta acessar o site do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis, clicar na aba Sistema COFECI-CRECI e em seguida, na mesma aba, na opção “Os Crecis”. Lá é possível obter os contatos de todas as sedes regionais.

Além disso, você também pode visitar o CRECI do seu Estado para obter mais informações sobre os melhores cursos, bem como os valores de taxas. Todas as entidades possuem profissionais capacitados para dar todas as orientações necessárias sobre a formalização e regularização de pessoas que querem se tornar corretores de imóveis.

 

[Total: 3   Average: 2.7/5]