Placas imobiliárias: como esse recurso pode favorecer suas negociações


Tempo de Leitura: 14 minutos

As placas imobiliárias são uma maneira de aumentar a visibilidade do nome da sua imobiliária. Assim sendo, existem alguns cuidados que você deve observar ao utilizar placas imobiliárias.

Por causa da importância que o meio digital vem ganhando, muitos profissionais investem mais atenção nas ferramentas digitais, em buscas online, por exemplo, pela facilidade e rapidez, do que com placas imobiliárias.

Contudo, segundo o site publicidade imobiliária, muitas pessoas ainda buscam por imóveis apenas circulando pela cidade. Nesse sentido as placas são de extrema relevância na escolha do cliente. Por isso, ainda é importante manter o foco e investir nesse recurso.

Dessa forma, é importante pensarmos que o cliente certamente não terá interesse somente pela placa da imobiliária, mas sim no imóvel. Ou seja, muitas pessoas ainda preferem realizar essa procura na rua, pesquisando os bairros ou a região em que gostaria de morar e, a partir disso, entrando em contato com a imobiliária a partir das informações das placas.

As placas e a influência na percepção de um imóvel

Afinal, como o cliente age ao gostar de um imóvel e ver uma placa imobiliária? Se a placa contém todas as informações necessárias para contato, o cliente irá anotar o nome da empresa, o número para contato e, quem sabe, ligar para iniciar um possível negócio. Ou, até mesmo, entrar no seu site imobiliário.

Nesse momento é de extrema importância que os profissionais estejam cientes dos imóveis abertos à negociação e que estejam a par das informações para que as referências e os dados se mantenham coerentes.

Portanto, por esse e outros tantos motivos, é interessante dar a devida atenção a esse recurso, pois, sim, as placas imobiliárias ainda continuam essenciais na procura por imóveis.

Por isso, segundo Pricila Moro, gerente de Marketing da empresa Cancian imóveis, é necessário “moderação e bom senso” por parte da empresa, “tanto no que diz respeito ao layout, como no ato de inserção das placas. Antes de colocá-las é importante consultar o proprietário, para saber se realmente há interesse em colocar seu imóvel à mostra para todos”.

Quanto a isso, pensemos na importância das placas imobiliárias: elas auxiliam ou prejudicam a negociação de um imóvel?

Recursos que prejudicam a venda/locação com a utilização de placas:

  • Muitas placas da sua empresa distribuídas no mesmo imóvel. A impressão é de que existe algo de errado com a propriedade.
  • É o que Pricila Moro afirma, “não é aconselhável inserir mais de uma placa da mesma empresa no mesmo imóvel (a menos que haja o pedido do cliente), pois pode parecer que há muita urgência em vender e causar uma impressão errada do imóvel aos clientes”.
  • A falta de informações como também o excesso dessas informações. A placa possui o nome da empresa, possui o número de telefone, porém, não menciona a finalidade da placa: como “vende-se” ou “aluga-se”.
  • A arte utilizada de maneira equivocada. A aplicação de muitas cores, desenhos e números nas placas confundem e muitas vezes influenciam na desistência. Pricila Moro menciona que “por ter uma área de pequena visualização, as placas devem ter layout limpo, com poucas informações”.
placas imobiliárias na frente da casa
Daniel Marenco / Folha
  • De fato, isso nos remete a uma questão bastante importante: a poluição visual. Existem leis específicas que combatem às poluições visuais da cidade/região. Por isso, sugerimos que você as considere atentamente, a fim de que a fachada do imóvel esteja esteticamente agradável.
  • As informações do imóvel não estão em seu site. É provável que o cliente se interesse pelo imóvel e queira pesquisar mais antes de fazer contato com a sua empresa. Quais seus próximos passos? Pesquisar rapidamente na internet. Porém, nesta pesquisa, ele não encontra o imóvel desejado no seu site, ou pior, não encontra o seu site na internet.
  • Não atualizar e não manter as informações do seu site adequadas. Isso não é algo imposto pelos clientes, mas não atualizar o seu site e não manter as informações dele em consonância com as placas imobiliárias, certamente não é algo que funcione, no sentido de atrair novos clientes.

Recursos que auxiliam a venda/locação com a utilização de placas imobiliárias:

  • É necessário clareza. Quanto mais clara e maiores as informações na placa, maior a possibilidade de captação de novos contatos/clientes.
  • A utilização de placas espalhadas pelos bairros para demarcar a atuação da sua empresa. Segundo um post da conecta imobi, placas que vêm acompanhadas “por uma simples planilha de conferência que contenha a localização, o período e qual o corretor responsável pela captação”, proporcionam um mapeamento de como a imobiliária atua e fortalecem o nome da empresa na cidade e/ou no bairro da cidade.
  • Identidade visual. Pensar no logotipo da sua empresa, o grafismo, o tipo de fonte, cores que chamam mais a atenção das pessoas ou alguma imagem que identifique a sua empresa.
  • A estratégia de Branding. Esse recurso reforça a marca da sua empresa e tem como objetivo principal aproximar você do seu público-alvo. A intenção é fortalecer a identidade da sua empresa, diferenciando-a de seus concorrentes. Então é necessário que você pense na logotipo de sua marca, nas cores como alvo ao consumidor.

branding-imobiliario

  • Utilizar a estratégia CTA Branding: O Call to Action (chamada à ação) é um convite para as pessoas que visitam a página do seu site seguirem o passo seguinte após interagir com o conteúdo, no caso, fechar a negociação. Ele é um recurso essencial e que faz toda a diferença no momento de promover suas ofertas, alguns exemplos: “Siga nosso site”, “Curta nossa fanpage”, ou “Não perca essa oportunidade. Entre em contato!”.
  • A utilização de placas virtuais. Nem todas as empresas fazem uso desse recurso, porém, o cliente acaba unindo uma pesquisa externa com uma pesquisa interna. Utilizando a placa virtual, os clientes podem “visitar” o imóvel sem ser necessário o agendamento com a empresa.

Como funciona a placa virtual

Sabe como essa ferramenta funciona? A empresa insere um QR-Code na placa, e o cliente poderá escanear o código com o aplicativo que o direciona automaticamente para a placa virtual. Com isso o cliente pode acompanhar valores, fotos e as demais informações do imóvel. Quer saber mais sobre esse recurso? A seguir, falaremos mais um pouquinho sobre isso.

Teste por 14 dias o CRMimobiliário jetimob

QR Code em placas: uma solução útil e criativa

Como atender ao cliente que busca sempre por mais informações? Geralmente optamos pela facilidade e rapidez em uma negociação, portanto, é necessário reconhecer que existem consumidores modernos e com os quais podemos usar o celular para auxiliar nesse contato entre consumidor e empresa.

Por isso a importância da estratégia de um QR Code. Ele traz mais transparência ao cliente e, de certa forma, é uma maneira criativa e rápida de contato. Isso porque o QR Code possibilita ao consumidor acessar as informações do imóvel sendo direcionado ao site ao escanear o código.

Porém, você sabe o que é um QR Code e como ele funciona? O código QR é a abreviação de “Quick Response”, resposta rápida em português. Citando um post do Dino, da Exame, QR Code é “um símbolo bidimensional (2-D) que foi criado em 1994 pela empresa Japonesa Denso-Wave, com o objetivo de ser um código de barras que pudesse ser rapidamente interpretado pelos equipamentos de leitura”.

Esse recurso permite, que o cliente dispense a pesquisa por endereços na web, pois é necessário apenas iniciar o aplicativo de leitura, apontar o celular para o QR Code e o conteúdo será exibido no navegador da internet.

Quanto a isso é relevante pensar na importância do seu site imobiliário. Além de ser vantajoso possuir um, pois permite o contato com vários clientes, até mesmo com consumidores de outras regiões, o site imobiliário facilita a interação com os clientes, permitindo agendamentos online e consultas rápidas. Além disso, existe a possibilidade de inovação. Já imaginou que fantástico seria se o seu cliente pudesse ver o imóvel sem visitar presencialmente?

Usando o tour 360º

Nesse sentido, vale a pena o investimento em um Tour 360º. Você já ouviu falar? Essa estratégia permite que o seu cliente vivencie a experiência de conhecer o local de maneira imersiva e realista. Pode ser por fotos ou vídeos, do interior e/ou do exterior do imóvel, utilizando câmeras que captam fotos esféricas.

tour-360

Portanto, ao utilizar o QR Code o cliente será automaticamente redirecionado à página do imóvel no seu site imobiliário. Lá, ele poderá ter a opção do Tour 360º.

Esse, por sua vez, possibilitará uma melhor imersão no imóvel e uma visão do ambiente externo, onde ele consiga visualizar e mapear melhor a região sem precisar sair de onde está. Dessa forma, a decisão de fechar negócio é, por muitas vezes, facilitada.

Beacon: um método inovador na sua imobiliária

Um outro recurso que propomos é a utilização da tecnologia idealizada pela Apple. conhecida como Beacon. Já ouviu falar? Esse dispositivo ainda é pouco conhecido no ramo imobiliário. Contudo, sugerimos que pense conosco o quanto investir nessa estratégia seria importante e inovador para sua imobiliária.

O Beacon é um dispositivo que opera com a tecnologia BLE – Bluetooth Low Energy – e tem a vantagem de consumir menos energia que um dispositivo Bluetooth comum. Ele é um aparelho pequeno e emite um sinal ininterrupto de ondas de rádio e que, por meio da tecnologia BLE, localiza seu smartphone em um determinado raio. Mas como ele seria útil em uma placa imobiliária?

Esse recurso vem sendo utilizado em outros locais como restaurantes, lojas, supermercados, farmácias, etc. Porém, seria um recurso bastante moderno ao ser utilizado em placas imobiliárias. Nesses outros locais o Beacon funciona da seguinte maneira: o cliente deve estar com o bluetooth do seu smartphone ligado e é necessário que o usuário tenha realizado o download de um aplicativo do estabelecimento/empresa.

Então, digamos que esse cliente se aproxima de um restaurante para almoçar e já possua o aplicativo do restaurante. Antes mesmo dele entrar no estabelecimento, o Beacon “fala” com o cliente por push notifications. Ou seja, o dispositivo envia mensagens com informações e valores do que o restaurante está oferecendo.

Beacon em placas imobiliárias

Nesse sentido, por que não pensar nessa possibilidade em placas imobiliárias? Digamos que o seu cliente esteja na região de algum imóvel que a sua imobiliária está negociando. Ele entra em contato com você pelo telefone querendo saber mais informações sobre determinado imóvel.

Você, sabendo que esse imóvel possui um Beacon em sua placa, sugere que o cliente apenas ligue o bluetooth do smartphone. Isso fará com que o dispositivo envie as mensagens com as informações do imóvel para o aparelho do seu cliente. Com isso, ele receberá fotos e valores sem ser necessário que você, ou seus associados, se desloquem até o local. Bacana, não é?

Segundo o site usemobile, os Beacons podem ser usados no setor imobiliário, sim. “Mapear imóveis disponíveis para locação é o que está sendo feito por diversas imobiliárias em alguns países na Europa. Proporcionar nova experiência, tem sido a solução para fugir do modo tradicional e entediante de buscar um novo imóvel”.

Sem dúvidas esse é um recurso muito moderno, que poucas imobiliárias utilizam. Certamente fazer uso dessa estratégia é pensar na facilidade de contato com o seu cliente.

Além disso, os Beacons podem ter um papel inovador dentro do mercado imobiliário, na sua região.

Como utilizar placas imobiliárias: dicas para imóveis específicos

É provável que você esteja pensando: “Ok. São recursos modernos e inovadores, mas como vou utilizar uma QR Code em uma placa que está localizada na janela do vigésimo andar de um apartamento?” ou “Bacana, a sugestão da utilização de um Beacon é considerável. Porém, como vou inserir um Beacon em uma placa inserida nas grades de um imóvel que dá para rua. Não seria perigoso?”.

São questionamentos que precisam ser analisados. Por isso, preparamos algumas dicas rápidas pensando na utilização de placas imobiliárias em imóveis específicos. Sabemos que nem todas as dicas e sugestões que levantamos aqui são válidas para todos os tipos de imóveis. Então, pensemos em algumas questões:

  • Placas em apartamentos: utilizar placas maiores em janelas. Como essas placas estarão em uma certa altura, necessitam de uma fonte maior.
  • Placas em condomínios fechados: muitos condomínios não permitem a entrada de visitantes sem o acompanhamento do corretor de imóvel autorizado e com o número de registro no Creci. Para esses casos devemos pensar na rapidez do contato do cliente com a empresa, sem a necessidade de agendamentos. Uma possibilidade seria utilizar o QR Code ou o Beacon. Assim, se mantém a relação com a imobiliária e ainda dá autonomia ao cliente.
  • Placas em condomínios abertos: Há casos em que o condomínio autoriza a entrada de visitantes. Desse modo, observe qual placa se adequa melhor de acordo com o imóvel e com a região.
  • Condomínios de luxo podem se beneficiar de placas no “estilo americano”. Elas são usadas em casas que geralmente são abertas, no sentido de não utilizarem grades ao redor do imóvel. Então, as placas são colocadas na frente do imóvel e são fixadas no chão, ou fixadas de maneira lateral nas janelas. Essa estratégia traz mais sofisticação e é uma alternativa refinada às placas imobiliárias.

Pegou todas as sugestões?

Segue nosso checklist com as sugestões que trouxemos neste post sobre o que prejudica e o que auxilia na utilização das placas imobiliárias:

Prejudica:

  • O excesso de placas da sua imobiliária no imóvel;
  • Falta de informações, como por exemplo: site da imobiliária, telefone para contato, clareza no nome da empresa;
  • A arte utilizada está de maneira equivocada, excessiva, no sentido de prejudicar a visibilidade do cliente;
  • As informações do imóvel não estão no site da sua empresa;
  • Não atualizar e não manter as informações do seu site imobiliário adequadas.

Auxilia:

  • Priorizar a clareza da placa, trazendo todas as informações necessárias;
  • A utilização de placas espalhadas pelos bairros para demarcar a atuação da sua empresa;
  • Identidade visual, usar subsídios que reforcem a marca da sua empresa;
  • A estratégia de Branding que auxilia no fortalecimento da identidade da sua empresa, diferenciando-a de seus concorrentes;
  • A utilização de placas virtuais, proporcionando maior visibilidade interna do imóvel.

Por fim além de todas as dicas que passamos para você, existem outras tantas que obviamente auxiliam ou prejudicam na procura e na conclusão da venda/locação de um imóvel. Porém, com a utilização das placas a sua empresa terá maior visibilidade e terá maiores chances de contato com clientes.

Portanto, mantenha a organização, atualize as informações e ofereça um bom atendimento ao iniciar o contato com o cliente. Sendo assim, você conseguirá ter noção de quem está mais ou menos interessado em fechar negócio com a sua empresa.


Relacionados